.

CAMINHOS DO AUTISMO

Aqui você poderá discutir assuntos relacionados ao AUTISMO, conhecer seu histórico, métodos de tratamento, estudar casos, compartilhar experiências, tirar dúvidas e se atualizar.

Pergunte o que desejar.
CAMINHAREMOS ATÉ A RESPOSTA!

Pesquise o Autismo

Loading
Related Posts with Thumbnails

quinta-feira, 24 de março de 2011

Acompanhamento Terapêutico e Autismo na escola

Acompanhamento Terapêutico e Autismo na escola
Por Amanda Bueno

Aumentar o foco e diminuir os estímulos não funcionais são os maiores desafios que um acompanhante terapêutico enfrenta ao trabalhar com uma criança autista.

Conhecer a criança é essencial para qualquer tipo de intervenção terapêutica. Entender o motivo pelo qual a criança está na escola é fator básico para o planejamento da ação.

Acompanhar não é “ir junto pra escola”!

Este texto tem a intenção de fornecer dicas de como acompanhar terapeuticamente na escola, uma criança dentro do espectro do autismo.

-Conheça o material pedagógico da criança
Leia os livros e conheça o que ele aprenderá. É necessário conhecer a matéria para traçar estratégias de facilitação da aprendizagem.

- Estabeleça uma rotina
Além de a criança seguir a rotina da escola, se faz necessário criar uma rotina própria. Descrita através de figuras, cartões ou texto. Esta rotina deve ser feita em frente à criança.
Todos os dias!

- Tenha uma relação próxima com os professores da criança
Ter conhecimento sobre o que é o Autismo é imprescindível, mas está não é a única característica que deve ser trabalhada. O professor precisa conhecer as características da criança. Isso fará com que o professor sempre pense na criança ao preparar seu plano de aula. Então reflita: O professor realmente conhece a criança com que você trabalha?

- Agressão:
Devemos tentar sempre antecipar as atitudes da criança. Puxões de cabelo deve ser impedidos. Uma vez que aconteçam alteram a rotina e demora algum tempo para que esta seja estabelecida novamente. É sempre necessário descobrir o motivo pelo qual a agressão se estabelece e tentar abrir outros canais de comunicação.

-Rotina escolar
Muitas vezes é difícil acompanhar toda a rotina escolar. Daí a importância de todas as dicas.
Se o professor entender e conhecer como e com qual velocidade a criança processa informação, a aula sempre terá direcionamento.
A rotina sendo estabelecida trará mais segurança.
Tudo isso diminuirá as agressões e aumentará o rendimento e a integração!

2 comentários:

  1. Olá.
    Você saberia me dizer onde encontro formação para acompanhante terapêutico?
    Obrigada.
    Grata,
    Ana Paula

    ResponderExcluir