.

CAMINHOS DO AUTISMO

Aqui você poderá discutir assuntos relacionados ao AUTISMO, conhecer seu histórico, métodos de tratamento, estudar casos, compartilhar experiências, tirar dúvidas e se atualizar.

Pergunte o que desejar.
CAMINHAREMOS ATÉ A RESPOSTA!

Pesquise o Autismo

Loading
Related Posts with Thumbnails

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Especial PECS: Sistema de Comunicação por Troca de Figuras


Já que estamos rumo à 6.000 visitas resolvi postar, em agradecimento, um especial sobre o PECS.
O que é, suas fases, indicação de sites, vídeo e artigo científico.
Que obter modelos de cartões?
E também nosso perfil no orkut: ORKUT: CAMINHOS DO AUTISMO

Um grande abraço! Obrigada! 
Desejo uma ótima semana à todos!
Amanda *** amandabueno.autismo@gmail.com


O Picture Exchange Communication System (PECS), em português, Sistema de Comunicação por Troca de Figuras, foi desenvolvido em 1985 como um pacote de treinamento aumentativo/alternativo único que ensina crianças e adultos com autismo e problemas correlatos de comunicação a começarem a se comunicar. Inicialmente utilizado no Delaware Autistic Program, o PECS é reconhecido mundialmente por se dedicar aos componentes iniciativos da comunicação. Ele não requer materiais complexos ou caros e foi desenvolvido tendo em vista educadores, cuidadores e familiares, o que permite sua utilização em uma multiplicidade de ambientes.

O PECS começa ensinando o aluno a trocar uma figura por um item desejado com o “professor”, que imediatamente satisfaz seu pedido. O protocolo de treinamento é baseado no livro de B.F. Skinner, Verbal Behavior (Comportamento Verbal) em que comportamentos verbais funcionais são sistematicamente ensinados usando estratégias de estímulo e reforço que levarão a uma comunicação verbal independente. Dicas verbais não são utilizadas, o que contribui para um início imediato e evita a dependência de dicas. O ensino continua com a discriminação de símbolos e como colocá-los juntos numa frase simples. Nas Fases mais avançadas, os indivíduos são ensinados a comentar e responder perguntas diretas. Muitas crianças que estão na fase pré-escolar e utilizam o PECS começaram a desenvolver a fala.

O sistema tem sido bem sucedido com adolescentes e adultos que têm um amplo comprometimento comunicativo, cognitivo e físico. O embasamento para o sistema é fornecido pelo Manual de Treinamento do PECS, 2ª Edição, escrito por Lori Frost, MS, CCC/SLP e Andrew Bondy, PhD. O manual fornece todas as informações necessárias para a implementação efetiva do PECS, guiando os leitores por seis fases de treinamento e oferecendo exemplos, dicas úteis, e modelos para elaboração de um relatório de dados e progresso. O manual de treinamento é reconhecido por profissionais de comunicação e análise do comportamento como um guia prático e eficaz para um dos sistemas mais inovadores disponíveis.
FASES DO PECS:

 Um panorama do PECS...
Fase I - Ensina os alunos a iniciarem a comunicação desde o início por meio da troca de uma figura por um item muito desejado.
Fase II - Ensina os alunos a serem comunicadores persistentes - ativamente irem à busca de suas figuras e irem até alguém e fazerem uma solicitação.
Fase III - Ensina os alunos a discriminar figuras e selecionar uma figura que represente um objeto que eles querem.
Fase IV - Ensina os alunos a usarem uma estrutura na frase para fazer uma solicitação na forma de “Eu quero”.
Fase V - Ensina os alunos a responderem a pergunta “O que você quer?”
Fase VI - Ensina os alunos a comentarem sobre coisas no ambiente deles, tanto espontaneamente como em resposta a uma pergunta.
Expandindo o vocabulário - Ensina os alunos a utilizarem atributos, como cores, formas e tamanhos, dentro das solicitações deles.


Indicação de sites:


Indicação de artigo científico:

Maria Amélia AlmeidaI,1; Maria Helena Machado PizaII; Dionísia Aparecida Cusin LamônicaIII

IPsicóloga. Pós-Doutorado em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos. Professora do Curso de Pós-Graduação em Educação Especial da Universidade Federal de São Carlos
IIFonoaudióloga. Mestre em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos. Professora do Curso de Pedagogia da Universidade Vale do Itajaí
IIIFonoaudióloga. Doutora em Distúrbios da Comunicação pela Universidade Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina. Professora Doutora do Curso de Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia de Bauru da Universidade de São Paulo


RESUMO
TEMA: comunicação alternativa.
OBJETIVO: avaliar a eficácia do Sistema de Comunicação por Intercâmbio de Figuras (Pecs-Adaptado) e do Picture Communication Symbols (PCS) na comunicação de paralítico cerebral.
MÉTODO: participou uma menina de 9a e 10m, com quadriplegia atetóide. Aplicou-se todas as fases do Pecs-Adaptado (Walter, 2000), usando figuras do PCS (Johnson, 1998), tendo como programa o currículo funcional (LeBlanc, 1991). Utilizou-se o delineamento experimental AB, tendo "o sujeito como seu próprio controle".
RESULTADOS: a participante passou por todas as fases propostas e usou sua prancha de comunicação nas atividades curriculares escolares.
CONCLUSÃO: o Pecs-Adaptado mostrou-se efetivo para melhorar as habilidades comunicativas e escolares da participante.
Palavras-Chave: Paralisia Cerebral; Comunicação Alternativa; Barreiras de Comunicação; Patologia da Fala e Linguagem.

3 comentários:

  1. Olá Amanda! Sabe que meu Gabriel usa o PECS há 3 anos e foi maravilhoso para ele, foi um divisor de águas no seu comportamento. Se tornou muito mais tranquilo e atento!
    nesse post, coloquei um pequeno vídeo que mostra bem como funciona o PECS e a montagem do cartão sentença: http://novoblogdogabi.blogspot.com/2009/11/procurando-alternativas.html

    ResponderExcluir
  2. Já está indexado o vídeo do Gábi. Muito obrigada!
    Indexei sua entrevista também. Nos fale mais da UPA.
    Conte com a minha contribuição, já que ambas somos de Curitiba.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Simone,
    Parabéns pelo vídeo e pela UPPA.
    Adorei o vídeo, e te ver um pouquinho.
    bjs prá vc e Gábi.
    Claudia Moraes/APADEM

    ResponderExcluir